Vieira do Minho limita acesso das pessoas aos Cemitérios no dia 1 e 2 de Novembro

Decorreu, na tarde de ontem, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a reunião que juntou o presidente da Câmara Municipal, António Cardoso, o Arciprestado de Vieira do Minho, a Proteção Civil Municipal e os presidentes das Juntas de Freguesia do concelho com o objetivo de traçar as diretrizes que vão vigorar no Dia de Todos os Santos e dos Fiéis Defuntos.

 


Atendendo ao quadro epidemiológico causado pela Covid-19 na região e no nosso país, mas procurando, simultaneamente, compatibilizar o sentimento expresso pelos fiéis católicos que todos os anos fazem uma romagem aos cemitérios quer na solenidade de Todos os Santos, vivida a 01 de novembro, quer no Dia dos Fiéis Defuntos, a 02 de novembro, estas entidades decidiram condicionar o acesso aos cemitérios.

 
 
reuniao


Assim, considerando o atual estado da pandemia, vão ser impostas medidas suplementares de proteção, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, o condicionamento do número de visitantes, estabelecendo-se um limite máximo de permanência de pessoas em função da dimensão do espaço de cada cemitério.

Para além destas medidas ficou, ainda acordado não se proceder às habituais cerimónias religiosas previstas para estes dias, realizadas nos cemitérios.
A adoção deste conjunto de medidas vai ao encontro das diretrizes da Conferência Episcopal Portuguesa e da Arquidiocese de Braga, que entendem não ser apropriado o encerramento completo dos cemitérios.
O Município de Vieira do Minho apela a todos os fiéis das nossas comunidades paroquiais, que caso lhes seja possível, realizem as visitas ao cemitério ao longo do mês.

 
 

Comentários

comentários