Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino em Vieira do Minho

O Partido Socialista de Vieira do Minho recebeu, no passado dia 14 de Março, a visita do Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino, da candidata do PS pelo distrito de Braga às eleições Europeias, Isabel Estrada Carvalhais, e da Federação de Braga do Partido Socialista.

Esta reunião, que contou com a presença de dezenas de militantes e simpatizantes do Partido Socialista, serviu para transmitir e debater as medidas implementadas pelo Governo no âmbito do programa “Valorizar o Interior” e, ainda, realçar a importância que as eleições Europeias têm para Portugal e para o Interior pois grande parte das obras realizadas em concelhos rurais e do interior são financiadas por fundos europeus.

Na sua intervenção, que abriu sessão, a presidente da Comissão Política do PS de Vieira do Minho, Vânia Cruz, destacou aquelas que entende serem as três áreas prioritárias e estratégicas para potenciar o desenvolvimento económico do concelho de Vieira do Minho: agricultura, floresta e turismo. Referiu ainda que “É necessário conferir ao Turismo a preponderância económica que este merece, fomentando este setor como um motor de criação transversal de emprego compatível com a sociologia do concelho. É urgente elaborar um plano estratégico de aproveitamento dos recursos de que dispomos: o património cultural, a beleza natural ímpar, a maravilhosa gastronomia e autenticidade das nossas gentes são fatores fortes e diferenciados que poderão revitalizar o nosso concelho.”

Tendo em conta a importância que estas três áreas terão na promoção de políticas que permitam promover a atração e a fixação população para os concelhos do interior, Vânia Cruz enumerou um conjunto de necessidades do Concelho, onde se destacam a recuperação das diversas casas florestais, a revitalização do Parque Florestal, o aumento do apoio a iniciativas que promovam a diversificação de atividades e a criação de microempresas, o reforço de benefícios fiscais ao investimento no Interior, a manutenção das estruturas do estado a funcionar e o reforço dos mecanismos de transferências de serviços públicos para o Interior.

Comentários

comentários