Recuperação de antiguidades e arte sacra furtadas em Cabeceiras de Basto

O Comando Territorial de Braga, através do Núcleo de Investigação Criminal de Fafe, recuperou ontem, O Comando Territorial de Braga, através do Núcleo de Investigação Criminal de Fafe, recuperou ontem, dia 5 de dezembro, no concelho de Fafe, arte sacra furtada e antiguidades no valor de cinco mil euros.

No âmbito de uma investigação iniciada pelo furto de duas residências no concelho de Cabeceiras de Basto, entre 28 de setembro e 2 de outubro, os militares realizaram uma busca domiciliária e duas buscas em veículos que culminaram na apreensão de diversos objetos, destacando-se:

·         Duas figuras religiosas;

·         Um relógio em madeira antigo;

·         Dois candeeiros de barro antigos;

·         Um pulverizador em cobre;

·         Uma bomba manual de trasfega de vinho;

·         Vários instrumentos utilizados pelo suspeito para proceder aos furtos em residência (pés de cabra, lanternas, entre outros).

Os objetos recuperados seriam posteriormente escoados através de venda ambulante.

Durante as diligências foi identificado um homem, de 51 anos, que já cumpriu um ano de prisão por furtos de antiguidades e arte sacra, tendo os factos sido participados ao Tribunal Judicial de Cabeceiras de Basto.

Comentários

comentários