Marido comentou assassinato da mulher no Facebook

O estranho caso de um comentário que apareceu horas depois do marido se entregar às autoridades numa notícia do “O MINHO”

“Um casamento a três não funciona foi feito um pedido para além [alguém] se afastar não o fez dei [deu] nisto”.

Eram 02:35, esta quinta-feira, quando a publicação com a notícia Mulher assassinada pelo marido em Viera do Minho, na página de Facebook de O MINHO, recebeu este comentário. Foi feito por Ana Paula Antonio Fidalgo, perfil utilizado pelo casal naquela rede social.

Vários utilizadores desta plataforma mostraram o seu desagrado através de algumas respostas a esse mesmo comentário:

“independentemente dos contornos anteriores ao caso, nada se justifica matar. Há problemas no casal, vai cada um para seu lado… nada mais!”

” mata a mulher e ainda vem para aqui comentar? Já não devia estar preso??”

” este fulano matou e bem para o Facebook fazer comentários …assassino “

” como é possível estar aqui este comentário se nessa hora ja estavas preso”

A Vieiradominho.tv confirmou que o perfil era utilizado pelo casal. No entanto ainda não se sabe se foi o marido a publicar ou não.

Esta quarta-feira por volta das das 21:30, Ana Paula Jesus Fernandes Fidalgo, de 39 anos, foi encontrada morta em Salamonde, Vieira do Minho, na parte de cima do restaurante O Refúgio do Gerês.

O comentário pode ser encontrado nesta publicação:

Comentários

comentários

You may also like...