Infelizmente, as mudanças do clima estão a correr mais rápido que nós próprios!

O secretário-geral da ONU defende que as metas do Acordo de Paris já não são suficientes para evitar uma catástrofe. “Se forem cumpridas, chegaremos ao fim do século com mais 3ºC, o que é uma catástrofe absoluta”, disse António Guterres. “E pior ainda, mesmo aquilo que foi prometido em Paris, por muitos Estados não está a ser cumprido”, lamentou, sublinhando estarmos perante uma “situação paradoxal”.

Face à gravidade , Guterres lembrou que “é preciso acabar com subsídios aos combustíveis fósseis, reduzir os impostos às pessoas, nomeadamente aos salários, e taxar o carbono”.

Além disso, continuou, “é preciso acabar com a construção de centrais a carvão que infelizmente ainda continuam a popular no mundo a partir de 2020. E é preciso tomar um conjunto de outras medidas que exigem vontade política”.

Guterres rejeitou nesta entrevista, que será emitida na íntegra no ‘Linha da Frente’, as acusações de manter silêncio perante a violação de direitos humanos.

Comentários

comentários

You may also like...