Imigrante ilegal escalou um prédio para salvar uma criança em Paris

Um homem maliano de 22 anos, que se encontrava ilegal em França, tornou-se um herói nacional ao salvar a vida de uma criança, prestes a cair de uma varanda, no último sábado. O presidente francês concedeu-lhe a nacionalidade francesa.

Uma criança caiu da janela do quarto andar de um apartamento em Paris ficando pendurada na varanda, quando foi resgatada, em apenas 30 segundos, por Mamoudou Gassama, que passava no local. O ato espontâneo foi filmado em vídeo e teve milhões de visualizações.

 

Mamoudou Gassama, , de 22 anos e originário do Mali, encontrou-se com Emmanuel Macron no palácio presidencial na manhã desta segunda-feira. Segundo a “Sky News”, além de ter a situação regularizada, o jovem vai ser também integrado no corpo de bombeiros. “Todos os papeis vão ser regularizados”, garantiu o chefe de Estado, após um encontro com Mamoudou.

O imigrante maliano recebeu ainda um certificado de coragem e dedicação assinado por Michel Delpuech, chefe da polícia de Paris.

Descoberto pelos órgãos de comunicação social, 24 horas depois do gesto, o homem explicou o sucedido. “Vi muita gente prestes a chorar e ouvi as sirenes das viaturas. Tive medo quando salvei a criança, mais tarde, comecei a tremer, não conseguia suster-me nos meus pés e tive que me sentar”, contou o maliano. “Obrigado Deus, eu salvei-a”, acrescentou.

O porta-voz do governo francês, Benjamin Griveaux, escreveu no domingo, no Twitter: “este ato de uma imensa bravura, fiel aos valores de solidariedade da nossa República, deve abrir-lhe as portas na nossa comunidade nacional”.

Comentários

comentários