Hoje é o Dia Nacional do Sapador Florestal

Hoje, dia 21 de maio, comemora-se o Dia Nacional do Sapador Florestal, instituído pela Resolução da Assembleia da República n.º 26/2004, de 2 de Março, após 5 anos da existência do PROGRAMA DE SAPADORES FLORESTAIS.

O País dispõe hoje de 1.345 sapadores florestais organizados em 269 equipas operacionais que permitem a existência de uma estrutura dirigida para a prevenção estrutural de incêndios florestais através de:

-gestão dos combustíveis e silvicultura
-manutenção e beneficiação de infraestruturas de defesa da floresta contra incêndios: faixas e mosaicos de gestão de combustíveis, rede viária florestal e pontos de água
-acompanhamento na realização de fogos controlados e execução de queimadas
-controlo de pragas e doenças
-sensibilização da população
-vigilância, deteção e primeira intervenção em incêndios florestais, apoio ao combate e operações de rescaldo e vigilância pós incêndio
-proteção a pessoas e bens


O contributo dos sapadores florestais para a preservação e defesa do património florestal é um facto provado e reconhecido pela sociedade civil.

Segundo o presidente da ANSF Pedro Figueiredo em comunicado refere, ” Algumas melhorias foram feitas, mas muito caminho terá que ser percorrido para o reconhecimento de que todos ansiamos, agradeço a todos o empenho que demostra diariamente no cumprimento do dever e pelo esforço para a valorização da classe.
Juntos seremos mais fortes.”

O programa de sapadores florestais, assente num quadro de competências e responsabilidades repartidas entre o Estado e as entidades responsáveis pelas equipas de sapadores florestais, permite ainda a participação ativa das organizações de proprietários e produtores florestais, entidades gestoras de baldios e autarquias na execução de medidas de política, destinadas à proteção da floresta portuguesa.

Comentários

comentários