Dois luso-descendentes na corrida aos Óscares

O actor luso-americano Tom Hanks e o realizador luso-britânico Sam Mendes estão na corrida aos Óscares. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou no passado dia 13 as nomeações às cobiçadas estatuetas douradas, que vão ser entregues na Califórnia pelo 92.º ano consecutivo.

Os Óscares, que pelo segundo ano consecutivo não terão mestre-de-cerimónias, serão atribuídos em 24 categorias.

Sam Mendes, 54, bisneto de um madeirense de São Roque que foi vice-cônsul de Portugal em Trinidade e Tobago, concorre em 10 categorias com a longa-metragem ‘1917’, dos estúdios da ‘Universal’, que descreve os horrores da sangrenta 1.ª Guerra Mundial.

O filme é inspirado em episódios da vida real do avô português de Mendes, que, tendo já nascido nas Caraíbas (para onde a família Madeirense emigrou), lutou ao lado do exército britânico durante a 1.ª Guerra Mundial.

Sam Mendes poderá assim conquistar a sua segunda estatueta Óscar de Melhor Realização, proeza que conseguira já em 2000 com o seu primeiro filme, ‘American Beauty’.

Já o luso-americano Tom Hanks, 63, por seu lado, que tem origens maternas nos Açores, concorreu na categoria de Melhor Actor Secundário pela sua participação na película ‘A Beautiful Day in the Neighborhood’; Hanks é já detentor de dois Óscares.

A 92.ª edição dos Óscares vão decorrer dia 9 de Fevereiro, domingo, com transmissão em directo na cadeia ABC.

IN:LUSOAMERICANO

Comentários

comentários