Aureliano é obrigado a remover Dragão de Braga

Aureliano Aguiar comunicou pelas redes sociais o seu desagrado ao ser obrigado a remover a sua estátua numa das ruas mais principais da cidade.

” Após alguns anos de exposição gratuita do Dragão, obra minha premiada com o Prémio Utopia da classe Fantástico, eis que chegou o momento que jamais pensei viver.
Realmente a Arte e a Cultura neste país estão relegadas ao plano dos tapetes de retalhos.

A minha estupefacção leva-me a relatar este facto insólito. 

Chegada a altura de efectuar algumas obras de manutenção do mesmo, pergunto, naturalmente, à câmara se tem algum interesse em adquirir uma obra que já é um ícone da cidade.

A resposta foi de uma brutal frieza e falta de educação: ” o senhor tem 30 dias para retirar a peça do lugar onde se encontra”, como se fosse fonte de algum contágio perigoso, ou força maligna. Um país que não respeita nem acarinha os seus artistas, é um país pobre ao mais alto nível. Aproveitem pois para admirar o Dragão nestes seus últimos dias, dado que irá viajar para paragens mais longínquas. Sem um “obrigado” sequer, apenas com uma ordem de despejo.

Que sensibilidade dos autarcas…”

 

 

Já muitas são as manifestações de desagrado que percorrem as redes sociais.

Assim sendo verdade, o Dragão tem 30 dias para ser removido.

Comentários

comentários