Angariou mais de 40 mil euros para tratar um cancro da mama falso

Segundo a TVI uma mulher angariou mais de 40 mil euros para custear tratamentos oncológicos para um cancro da mama que afinal não tinha. O caso aconteceu em Reguengos de Monsaraz, Évora.

Durante cerca de um ano, esta diretora de um lar de idosos encenou a doença, chegando mesmo a rapar o cabelo e a fazer um golpe no peito.

Rapou o cabelo, fez tudo. Tinha lenço e tudo”, conta uma das habitantes da localidade.

Apesar de ter angariado dinheiro junto de várias pessoas, o maior lesado foi o ex-namorado, que lhe deu cerca de 40 mil euros para tratamentos.

A Polícia Judiciária de Évora está a investigar o caso, enquanto a mulher aguarda com Termo de Identidade e Residência, depois de ter sido acusada de burla e falsificação de documentos.

Comentários

comentários