AHBVVM presta homenagem ao Sub-Chefe José Dias falecido recentemente num incêndio

A Direção e Comando da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vieira do Minho vai acionar a sirene pelas 19:00 em homenagem ao Sub Chefe José Augusto Dias dos Bombeiros Voluntários de Miranda do Corvo, “soldado da paz” falecido durante o combate a um incêndio florestal.

Sub Chefe

O bombeiro e Sub-Chefe José Augusto Dias Fernandes, pertencente à corporação de bombeiros de Miranda do Corvo, morreu , no dia 12 de julho num incêndio que deflagrou na serra da Lousã. Há ainda outros dois bombeiros feridos com gravidade.

O presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes, em declarações à comunicação social, no dia 12 de julho, já confirmava o incidente e a morte do bombeiro durante o combate, lamentando o trágico desfecho.

Luis Antunes, adiantou ainda que “além da vítima mortal, há mais quatro feridos, dois com gravidade”.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra, já confirmou o incidente, acrescentando que este bombeiro, fazia parte de um grupo de cinco da corporação de Miranda do Corvo que, neste incêndio que deflagrou na serra a Lousã após forte trovoada seca, foi cercado pelas chamas.

José Augusto Dias Fernandes, tinha 55 anos de idade e mais de 39 de experiência.
Era também funcionário da autarquia de Miranda do Corvo.

Comentários

comentários