Vieirense Maria Carolina Gonçalves Lourenço distinguida pela UMinho

A Universidade do Minho investiu mais de 200 mil euros na atribuição de 218 bolsas de excelência a estudantes com nota de candidatura ou média anual de 16 ou mais valores.

A vieirense Maria Carolina Gonçalves Lourenço do curso de enfermagem destacou-se com a nota mais alta no Ingresso, 17.35 valores.

Em Enfermagem, as Bolsas de Excelência foram entregas às seguintes estudantes:
Ingresso, 17.35 valores – Maria Carolina Gonçalves Lourenço
1º ano, 17.07 valores – Sandra Vieira Carvalho
2º ano, 17.00 valores – Sara Isabel Araújo Ferreira
3º ano, 16.95 valores – Ana Maria Fernandes Sagres
4º ano, 18.17 valores – Ana Isabel Ferreira Rodrigues

A iniciativa de atribuir bolsas de excelência começou em 2012, com a atribuição de 39 bolsas, tendo este ano atingido as 218, cada uma com o valor pecuniário igual ao da propina e o respetivo diploma.

A sessão de entrega das bolsas, que decorreu esta quarta-feira, dia 22 de maio, no salão medieval da Universidade do Minho, contou ainda com a atribuição de 34 bolsas de estudo por mérito do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, para estudantes da UMinho com uma média ponderada igual ou superior a 16 valores.

“É um dia de facto muito importante, é o dia em que a universidade reconhece o trabalho dos seus estudantes e sobretudo daqueles estudantes que mais se empenharam”, afirmou no final da sessão, em declarações aos jornalistas, o reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro.

Comentários

comentários

You may also like...