A PALAVRA DO ANO 2017 FOI… INCÊNDIOS

“Incêndios” foi a palavra mais votada pelos 30 mil internaturas que participaram na votação para a “palavra do ano 2017”. Uma votação promovida pela Porto Editora que já vai na 9ª edição.

“Incêndios” obteve 37% dos votos e foi escolhida tendo em conta os sucessivos incêndios que se registaram durante 2017 em Portugal.

Em 2º lugar ficou “afecto” e em 3º “floresta”. Já em 4º lugar ficou “vencedor” – uma palavra que se fica a dever à vitória de Salvador Sobral no Eurofestival da Canção. Em 5º lugar e ambas com 5% dos votos ficaram 2 palavras: “crescimento” e “cativação”. Com menos votos ainda ficaram palavras como “desertificação”, “gentrificação” e “peregrino”. Em último lugar com apenas 1% dos votos ficou “independentista”.

As palavras eleitas nas edições anteriores foram “geringonça” em 2016, “refugiado” em 2015, “corrupção” em 2014, “bombeiro” em 2013, “entroikado” em 2012, “austeridade” em 2012, “vuvuzela” em 2010 e “esmiuçar” em 2009.

Comentários

comentários

You may also like...