“O Laurus veio mesmo para ficar!”

Após concluída a quarta edição do festival de verão Famalicense Laurus Nobilis, o festival começa a afirmar-se a passos largos como um dos festivais que mais tenta e se demarca no panorama da música pesada.

Os Gregos SepticFlech como os suecos Dark Tranquillity, superaram todas as expectativas quer ao nível de público, como de espectáculos, não esquecendo Crisix (que deram um grande espectáculo) ou os Mata Ratos, que actuaram a primeira vez em Famalicão e vincaram bem a sua forte e energética presença levando as cerca de 3.000 pessoas que estavam no recinto da Arena do Rock nessa altura, a um delírio quase incontrolável  e as restante bandas que actuaram quer no Palco Porminho , com também no Palco Estrella Galicia.

 

Para José Aguiar, (coordenador geral do festival) o Laurus veio mesmo para ficar e fazer de Famalicão a Meca dos festivais de verão em Portugal.

A edição de este ano levou ao Louro cerca de 4.000 (festivaleiros) por dia, sendo que no primeiro dia do festival foi cerca de 2,000 na recepção ao campista.

Passaram na totalidade cerca de 10,000 festivaleiros pelo festival onde se destaca que a maior parte eram oriundos de todos os cantos do pais e um considerável número de espanhóis, pois na Galiza o Laurus Nobilis já começa a marcar pontos.

 

Comentários

comentários

You may also like...