“Luz, cor e Saúde” De Adriana Henriques

Mais um projeto artístico de Adriana Henriques, dado a conhecer, agora na Galeria da Sede da Ordem dos Médicos/Sub-Região de Viana do Castelo, obedecendo ao tema «Luz, cor e saúde», a inaugurar no dia 18 de Janeiro, pelas 21H30 , criado, desenhado e direcionado a toda a comunidade hospitalar e em homenagem a todos os que sofrem e também aos que salvam diariamente vidas.


A artista parte do princípio que a estética é um domínio que se preocupa com o estudo das emoções causadas aos nossos sentidos pelos estímulos que nos rodeiam e pelas memórias que habitam, dinamizam e provocam o nosso mundo interior.

A pintura é uma companheira exigente, um antidoto contra o isolamento e a solidão, sujeita à imprevisibilidade de uma existência contingente, sem o custo vital que lhe está associado. Daí a estética da autora exercer um fascínio e uma atração importante no olhar e no sentir das comunidades das instituições, onde expõe e apresenta os projetos artísticos.

Acreditamos que a relação e a empatia entre médico e doente é parte de um processo de cura, como também a relação entre a pintura e o observador é um processo semiótico de comunicação.
Adriana é uma artista plástica de causas, curadora de muitas exposições próprias e alheias, organizadora de eventos culturais, cuja cruzada consiste em eliminar formalismos, dando ênfase à capacidade humana em elevar-se continuamente, à defesa dos direitos do homem e dos valores morais que transcendem os relativismos culturais, ao reconhecimento dos méritos individuais e do esforço próprio na conquista de objetivos de vida e à defesa da integridade do trabalho intelectual.

A vida para Adriana é um fascínio e profusão de cores, que influenciam o comportamento humano, que transmitem mensagens, que interrogam. Como está presente em tudo e no quotidiano, a cor define o mundo que nos rodeia, influencia condutas, revela estados de espírito, de saúde e de emoções.

As enérgicas e coloridas telas e desenhos projetuais, baseados em tons quentes, exercem uma ação mais densa, sedativa, pois transparecem estados de alma, de ânimo, de luz, de felicidade, de relaxamento.
Felicitamos, formalmente, Adriana Henriques pela elevada qualidade desta iniciativa, e simbolicamente por mais esta excelente exposição, este registo traduzido em projeto, este desafio em percorrer um caminho ousado e criativo.

José Carlos Gonçalves Peixoto

Comentários

comentários

You may also like...