GNR efetua 52 detenções, maior parte por condução sob efeito de álcool

A GNR efetuou 52 detenções, a maior parte por condução sob efeito do álcool, e detetou 648 infrações, principalmente por excesso de velocidade, num conjunto de operações realizadas no Sábado.

No balanço das intervenções visando nomeadamente a prevenção e combate à criminalidade violenta e a fiscalização rodoviária, divulgado em comunicado, a Guarda Nacional Republicana (GNR)refere 52 detidos em flagrante delito.

Destas detenções, 30 foram por condução sob o efeito do álcool, sete por condução sem habilitação legal, cinco por tráfico e consumo de estupefacientes, dois pelo exercício ilegal da atividade de segurança privada e outros dois por posse de arma proibida.

Na fiscalização de trânsito, os militares da GNR detetaram 648 infrações entre as quais são destacados 239 por excesso de velocidade, 93 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 46 por falta de inspeção periódica obrigatória, 38 por uso indevido do telemóvel durante a condução ou 26 relacionadas com falta ou utilização incorreta do cinto de segurança e do sistema de retenção para crianças.

 

 

Foram registados 60 acidentes que causaram 27 feridos ligeiros.

A GNR também apreendeu 118 doses de haxixe, sete doses de folhas de canábis, uma arma branca, um bastão e cinco munições.

Comentários

comentários

You may also like...